fbpx

Quais são os desafios enfrentados por mulheres na liderança?

sombra de uma mulher olhando para o horizonte
4 minutos para ler

As mulheres têm ganhado cada vez mais espaço no mercado de trabalho e, com isso, mais oportunidades na liderança das empresas. Ocorre que, no geral, a quantidade de representantes do sexo feminino que ocupam cargos de chefia ainda é muito pequena se compararmos com o número de homens.

Ainda nos dias atuais as mulheres na liderança precisam enfrentar mais obstáculos do que uma pessoa do sexo masculino durante a sua trajetória, especialmente em razão do machismo enraizado na sociedade.

Se você se interessou pelo tema, acompanhe o post e conheça alguns dos desafios da liderança feminina. Confira!

Cultura patriarcal

A sociedade machista em que vivemos é fruto de uma cultura patriarcal, um dos principais desafios que mulheres na liderança enfrentam.

Diversas vezes uma mulher não é escolhida para uma promoção para um cargo de liderança — apesar de ser uma pessoa competente — apenas por não ter o mesmo estilo e características de um gestor do sexo masculino.

Contudo, as mulheres não devem deixar de qualificar-se pelas dificuldades apontadas, pois ao tornar-se a pessoa mais competente da equipe, dificilmente não alcançará seu objetivo, apesar da cultura patriarcal.

Falta de empoderamento

Muitas profissionais femininas ainda não são empoderadas e, por essa razão, deixam de lutar por uma situação de igualdade e se contentam apenas com o que é oferecido pela empresa, mesmo que haja desigualdade entre os gêneros — como aceitar receber um salário mais baixo do que o recebido por um colega de trabalho do sexo masculino.

Ao empoderar-se, uma mulher passa a se reconhecer como completamente capaz de crescer profissionalmente e de figurar em posições de liderança.

Competição entre mulheres

Diversas vezes são as próprias mulheres que dificultam o acesso de outras representantes do sexo feminino aos cargos de chefia, em razão de uma exagerada competição com a líder.

É importante apoiar e motivar outras mulheres, pois os cargos de chefia já são mais escassos para o sexo feminino e as mulheres que conseguem alcançar tal posição não deveriam — além de todas as dificuldades encontradas — ter que enfrentar a resistência de outras colegas.

Geração de autoridade com a equipe

Muitas pessoas em uma empresa — especialmente os homens — têm resistência para serem chefiadas por uma mulher.

Esse estranhamento pode ser visualizado em comportamentos como banalização e resistência às regras anunciadas pela líder, delegar para mulheres que têm posições superiores tarefas de cargos inferiores, entre outros.

No entanto, as mulheres na liderança não podem se abalar por esse tipo de situação e devem manter-se firmes em seus posicionamentos até que todos a reconheçam como uma líder.

Desmistificação de rótulos

Mais um desafio que é enfrentado pelas mulheres no ambiente de trabalho é a necessidade de desmistificar famosos rótulos, como o de que mulheres só conquistam cargos de chefia em razão da beleza, que são mais sensíveis e emotivas, entre outras frases que são faladas constantemente.

Para ajudar nessa desmistificação e alterar essa situação, as empresas podem promover ações de conscientização, pois enquanto os funcionários tiverem pensamentos retrógrados, o ambiente de trabalho será tóxico e prejudicial para todas as mulheres da equipe.

Como vimos, há cada vez mais mulheres na liderança no ambiente corporativo. Contudo, em razão dos desafios enfrentados, a luta ainda está longe de acabar, por isso, as mulheres precisam manter-se unidas no combate às dificuldades e as empresas devem buscar a implementação de políticas de igualdade.

O que achou das nossas dicas? Se você gostou do texto, compartilhe este post nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a conhecerem mais sobre o assunto.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-