fbpx

Afinal, o que fazer para tornar sua empresa mais inclusiva?

um grupo diverso de pessoas comemora
4 minutos para ler

Empresa inclusiva é aquela que privilegia os diferentes pensamentos, etnias, culturas, opiniões ou deficiências, tornando o ambiente cada vez mais democrático e plural. Assim, é possível que o time da empresa represente a diversidade da população.

Dessa forma, essa mistura de pessoas traz benefícios para a empresa, que reforça sua imagem e reputação, ganham mercados, além de favorecer diversos setores internos e externos. Por isso, as empresas devem investir na inclusão. Não sabe como? Leia o post e veja 5 dicas práticas!

1. Criar grupos de discussão para dialogar sobre o tema

É fato que uma empresa inclusiva consegue formar equipes mais plurais, que possam discutir sobre o tema e tomar decisões para promovê-la na cultura organizacional, tratando de dialogar sobre diversidade e como pode contribuir com o crescimento da empresa.

Além disso, é necessário criar equipes mais heterogêneas, formada por pessoas com ideias e opiniões diferentes, para apresentar conceitos e pensamentos mais criativos, considerados fora da caixa. Então, surgem soluções diferentes para problemas comuns de todas as pessoas.

2. Oferecer um ambiente físico inclusivo

Ter um clima organizacional é muito bom para políticas inclusivas. Entretanto, também é essencial fazer adaptações no ambiente físico, por meio de um mapa de acessibilidade, o qual identifica as barreiras e dificuldades de acesso às instalações da empresa.

Portanto, a empresa inclusiva deve fazer transformações na arquitetura, meios de comunicação, métodos e técnicas de trabalho, uso de instrumentos e ferramentas de trabalho, bem como nas normas interna da empresa.

Ainda, precisa-se manter todos os ambientes bem sinalizados, de forma sonora, tátil e visual. A empresa deve adequar banheiros, rotas acessíveis e realizar diversas melhorias.

3. Ficar atento ao que diz a legislação

Ressalta-se que existe uma legislação específica para amparar as pessoas com deficiência, incluindo-as na sociedade. Logo, há o artigo 93 da Lei 8.213/91, o qual estabelece que empresas com mais de 100 colaboradores devem destinar até 5% dos cargos para pessoas com deficiência.

Ademais, a empresa deve seguir as diretrizes estipuladas pelo Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei 13.146/15), que fala sobre:

  • uso de tecnologias apropriadas para as pessoas com deficiência que trabalham em cargos públicos;
  • previsão do auxílio-inclusão para pessoas com deficiência;
  • acessibilidade de sítios digitais, para promover a inclusão.

4. Revisar critérios de promoção

Tendo colaboradores tão diversos, os critérios para promoção não podem favorecer apenas um grupo, pois todos precisam se sentir valorizados. Nesse caso, é necessário criar oportunidades iguais de avanço e crescimento para todos.

Diante disso, deve-se privilegiar experiências e não números ou resultados, pois a primeira traz aprendizados, determinação e resiliência. A empresa deve repensar o modo de recrutar, engajar e promover as pessoas, de forma igual.

5. Divulgar a inclusão de forma externa

A empresa inclusiva precisa divulgar a inclusão como um dos seus valores, readequando sua linguagem com o público. Desse modo, é primordial investir no treinamento de todos os colaboradores, líderes e gestores, já que são eles que transmitem a boa imagem da empresa e fazem propaganda de seus princípios ao público.

Portanto, reforçamos a necessidade de se construir uma empresa inclusiva, uma vez que a inclusão é um ponto positivo para conquistar clientes e alcançar sucesso.

É essencial disseminar a igualdade na sociedade, como dever moral. Diversos líderes vêm seguindo essa linha, como Tim Cook, da Apple e Sundar Pichai, da Google, grandes CEO, que se tornaram conhecidos por defenderem os direitos de todos. Por isso, investir nessa política transforma positivamente a situação da empresa.

Gostou desse post? Então leia também sobre como é a inclusão de minorias no mercado de trabalho!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Um comentário em “Afinal, o que fazer para tornar sua empresa mais inclusiva?

Deixe uma resposta

-